Consumo

Preço ou qualidade: o que deve ser prioridade?

A permanência de um negócio no mercado competitivo que as últimas décadas vem confirmando depende de múltiplos fatores. Muitos gestores encontram-se em dúvida quanto ao preço ou qualidade na hora de decidir pela prioridade de ação. Na verdade, o comportamento corporativo ideal não passa por uma separação entre esses termos.

O que seu negócio deve buscar é o alinhamento entre preço e qualidade dependendo da linha de atuação que se queira projetar no mercado. Cada segmento possui suas particularidades, porém é preciso notar que alguns dados são quantificáveis e outros só perceptíveis com a experiência de mercado adquirida. Entenda mais a relação neste post.

Valorização excessiva do preço baixo

Algumas empresas buscam a qualquer custo oferecer um preço abaixo da média de mercado no intuito de atrair clientes de forma rápida. Porém essa estratégia de imersão em qualquer segmento corporativo pode ser prejudicial. Isso porque a clientela percebe que precisa de algo mais além de preços baixos para sua satisfação.

Uma experiência de consumo completa, que pese as necessidades do cliente no pós-vendas, é uma das razões que levam as empresas a cobrarem mais por seus produtos e serviços com a garantia de fornecer ao cliente o aporte necessário na solução de qualquer problema que ele venha a ter.

Essa segurança de contar com uma empresa que pensa o processo de vendas em sua forma ampla, garantindo conforto para um cliente exigente, pode custar mais caro, mas vale pela qualidade oferecida, o que certamente está claro para o consumidor em sua escolha.

Qualidade e confiança

A importância de investir em um produto ou serviço de qualidade começa na própria cultura organizacional da empresa, que deve acreditar na realização de um investimento sólido para fidelizar seus clientes ao oferecer algo a eles que esteja acima da média de mercado.

Investir em qualidade passa por encontrar gargalos no mercado em que se atua e oferecer um diferencial que mostre ao cliente o quanto aquela experiência levará seu consumo a outro patamar. Assim uma relação de confiança com a marca é gerada sem a necessidade de descontos agressivos.

Tecnologia como aliada

Em um contexto de disputa acirrada por espaços no mercado, a importância do investimento em tecnologias inteligentes pode ser um diferencial, já que conforto e eficiência tornam-se fundamentais para um consumo renovado em uma era na qual o cliente dispõe de menos tempo para suas aquisições.

Os aplicativos de celular podem ser aliados na hora de tornar o consumo mais seguro, dando a oportunidade ao empreendedor de mostrar o quanto seu negócio está antenado com as novas formas de ofertar comodidade a clientes bem informados e conhecedores de suas opções de compra.

Com o tempo corrido, todos querem soluções rápidas para seus problemas. A tecnologia entra nessa roda como aliada na hora de agilizar processos e desburocratizar ações. A satisfação do cliente em ter suas necessidades atendidas com rapidez e segurança conta como ponto de equilíbrio quando preço ou qualidade já foram testados.

Tudo que você precisa saber sobre a garantia de um produto! Acesse agora e confira.

Você pode gostar
Compras no exterior: 5 dicas para você não ser enganado
Como doar roupas, alimentos, brinquedos? Entenda como ajudar o próximo
1 Comentário
  • Bablofil mar 21,2017 at 2017-03-21T21:47:38+00:000000003831201703

    Thanks, great article.

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This