Direitos do consumidor

O que você precisa saber sobre a garantia de um produto?

Consumimos o tempo todo, não importa se um produto ou serviço. Acontece que nem sempre sabemos quais são nossos direitos, seja com relação à garantia, troca ou obrigações de cada parte envolvida na transação.

Por isso, é importante saber que o Código de Defesa do Consumidor (CDC) disciplina as formas de proteção e defesa dos direitos do consumidor por meio de um conjunto de normas jurídicas que estabelece os parâmetros da relação vendedor-comprador.

Para ajudá-lo a entender mais sobre o assunto, explicaremos um pouco sobre a garantia de produtos. Vamos lá!

Como funciona a garantia dos produtos?

A garantia de um produto refere-se à responsabilidade que a empresa tem de entregar ao consumidor um produto em perfeito estado de conservação e funcionamento. Trata-se, ainda, do período de que dispõe o consumidor para apresentar reclamações acerca do produto ou serviço adquirido.

Garantia legal

Em qualquer aquisição, o consumidor está resguardado pela garantia legal, instrumento disciplinado pelo Artigo 26 do CDC. Segundo ele, o comprador pode reclamar junto ao fornecedor os defeitos verificados no produto adquirido.

  • Para vícios aparentes, o direito caduca em 30 dias no caso de produtos ou serviços não duráveis; já para produtos e serviços duráveis, o prazo é de 90 dias.
  • Nos casos de vício oculto, que não são facilmente percebidos, mas somente algum período de uso do produto, os prazos são os mesmos, mas a contagem somente se inicia após a verificação do defeito.

Garantia contratual

É uma faculdade do fornecedor e, portanto, não é obrigatória. Porém, quando oferecida, deverá ser em termo escrito e padronizado, deixando claro ao consumidor as condições para o seu usufruto.

A garantia contratual funciona como um complemento à garantia legal. Então, o prazo só começa a correr após o esgotamento da garantia legal, sendo que a combinação das duas compõem a garantia total do produto adquirido.

Garantia estendida

A garantia estendida é regulamentada pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), e consiste em um tipo de seguro que é contratado pelo consumidor. Esse tipo de garantia mantém a proteção do produto mesmo após o término do prazo da garantia legal e da garantia contratual.

Sendo assim, quando o prazo da garantia legal ou contratual acaba, inicia-se a vigência do período da garantia estendida.

É importante que o consumidor preste bastante atenção aos termos e às condições gerais de adesão, pois a empresa poderá oferecer a garantia apenas para algumas situações ou partes do produto.

Lembre-se também de que ninguém é obrigado a aceitar ou contratar esse tipo de seguro em suas compras. A decisão cabe apenas ao consumidor após a verificação de suas reais necessidades e se os valores cobrados estão de acordo com seu orçamento mensal.

Posso devolver minhas compras?

O direito de arrependimento está entre os direitos do consumidor que permite que este devolva suas compras em algumas situações.

Loja Física

Quando a compra é efetuada em lojas físicas e não há nenhum defeito, a loja não é obrigada a aceitar a devolução do produto e nem a ressarcir o dinheiro ao consumidor. Isso ocorre porque, no momento da compra, é possível refletir sobre a mercadoria, analisá-la e decidir com calma se efetua a compra ou não.

Compras online, por telefone ou a domicílio

Nesses casos, o consumidor pode recorrer ao direito de arrependimento. Conforme previsto no Artigo 49 do CDC, pode-se desistir da compra, sem explicação do motivo que levou à decisão e independente de defeitos, em até 7 dias após o recebimento da mercadoria.

O consumidor terá o seu dinheiro reembolsado integralmente e o vendedor não poderá cobrar taxas adicionais pela devolução. É importante lembrar-se de notificar a existência de defeitos, se for este o caso, evitando que o lojista tente responsabilizar o consumidor por má-fé.

Por que guardar a nota fiscal?

É importante que a nota fiscal seja guardada como medida de segurança do próprio consumidor. Isso porque o documento comprova a aquisição e resguarda o direito do cliente em caso de troca ou reparos, dentro da vigência da garantia.

Se você gostou de saber mais sobre a garantia de um produto, então baixe o nosso e-book sobre direitos do consumidor e aprenda tudo que você precisa!

Você pode gostar
Entenda os tipos de garantias e prazos oferecidos por empresas
Direitos do consumidor: você sabe o que você está perdendo?

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This